sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Cadê o grande que estava aqui?

Que o Campeonato Paulista é o mais disputado do País ninguém discute. Mas esse começo de ano, a surpresa está, por que não dizer, mais surpreendente.

Após 7 rodadas, o primeiro grande que aparece na tabela de classificação é o São Paulo, em 5º lugar, e apenas os 4 primeiros se classificam para as semi-finais.

A ponta, merecidíssima, é do Guaratinguetá com 18 pontos, fruto de suas 6 vitórias seguidas no torneio. Logo abaixo, vem Ponte Preta com 16 pontos, Noroeste e Ituano com 13.

Se o super São Paulo não embalou e vem jogando abaixo da média, o que dizer dos outros grandes? O Corinthians é só o 10º, e o Santos, atual campeão, divide a modestíssima 14ª colocação com o Palmeiras, de Vanderlei Luxemburgo.

Mas qual a explicação? Muitos falam que os 'pequenos' do interior tiveram muito mais tempo para se prepararem e estão goleando no aspecto físico. Mas a verdade é que eles estão jogando muito mais que os grandes, no aspecto tático e técnico.

Por mais que ainda tenha muito campeonato pela frente, é inegável a frustração dos torcedores com seus respectivos clubes. Os palmeirenses devem ser os mais insatisfeitos. Com a chegada do Luxa, e de jogadores como Diego Souza, Lenny, Alex Mineiro e Élder Granja. Todos esperavam se não uma máquina, mas pelo menos um time brigando pela ponta. Mas já são 3 derrotas seguidas, e 3 jogos sem marcar.

O Tricolor ainda tenta encontrar sua melhor forma de jogar, depois da chegada de Adriano. Mas vem enfrentando muitas dificuldades, até mesmo nos jogos no Morumbi.

Santos e Corinthians, apesar da expectativa natural existir, só pelo fato de serem grandes clubes, já contavam com certa desconfiança de seus torcedores. Os da baixada pelas muitas baixas (troc) que o time sofreu e que não foram repostas. E os corinthianos, após a queda para série B, viram 14 reforços chegarem e um novo técnico prometendo montar um time forte para voltar a elite.

Não sei a razão, mas por mais que os famosos cavalos paraguaios sejam comuns, esse ano acho que os times do interior não vão perder o gás. Resta saber se os grandes conseguiram se recuperar a tempo.

PS: Hoje é aniversário do gloriosíssimo jornaleiro e amigo João de Andrade Neto. Um dos quatro melhores jornalistas desse blog! Hehe! Parabéns, irmão!

2 comentários:

leandro disse...

1º Lugar - vo falar que gostei mto do texto.

Acho que tudo tem uma explicação... o santos está com um time mto fraco e merece estar onde esta ... Corinthians mudou praticamente todo o elenco, com 15 jogadores e o tecnico entaum e ainda esta montando o time para o brasileiro, considero uma coisa normal os resultados

o Palmeiras eu estranho estar indo mal pq montou um puta time

O Sao Paulo como direia o rogerio ceni ta dando uma Bambizada haha

Os time do interior vem se preparando desde dezembro, alguns começaram em novembro ou outubro e é natural irem melhor no inicio, mas sera dificil segurarem a ponta

João de Andrade Neto disse...

Acho que a preparação física dos times do interior tem uma parte da 'responsabilidade' disso.

Do outro lado, fica a obrigação dos grandes em sair para o jogo e ganhar. Os pequenos estão acertando a defesa e saindo apenas nos contra-ataques... e isso tem sido mortal!

Creio que com o tempo os grandes voltarão a figurar entre os primeiros, principalmente São Paulo e Palmeiras. E um deles deve se sagrar campeão, porque na hora do 'Vamos ver' ainda há muita diferença técnica entre os times!

Obrigado pela lembrança... e sinto-me mto feliz por ser apontado como um dos quatros melhores jornalistas deste blog! hahahah

Abraços!