sábado, 29 de setembro de 2007

Arquivo da Banca - Flamengo x Atlético/MG na decisão do Brasileirão de 1980

Hoje, Flamengo e Atlético/MG se enfrentaram no Maracanã com o objetivo de tentar escapar da zona de rebaixamento. O jogo terminou 1 a 0 para o Mengo, que vai a 37 pontos e respira no campeonato. O Atlético tem 33 pontos e se complica na competição.

Há 27 anos, o mesmo cenário, os mesmos times, mas uma situação muito diferente. O Maracanã era palco da finalíssima do Campeonato Brasileiro.

O Atlético era comandado pelo "rei" Reinaldo e o Flamengo tinha um timaço, com Adílio, Carpegianni, Tita, Andrade, Raul e Nunes, todos sob a batuta do maestro Zico.

No primeiro jogo, no Mineirão, 1 a 0 para o Galo e a vantagem do empate no jogo de volta. Na segunda partida, realizada no dia 1º de junho de 1980, 3 a 2 para o Mengão. Era o primeiro título brasileiro do clube e de uma das mais talentosas gerações de jogadores que o Brasil já viu.

O Canal 100 registrou aquela partida e a Banca do futebol mostra para você.

Arquivo da Banca - Flamengo 3x2 Atlético/MG



Anderson Lima bate quatro vezes o mesmo pênalti para dar vitória ao Coritiba

Mais de 26.000 torcedores foram ao Couto Pereira para assistir ao jogo do líder contra o vice-líder da Série B. E o ingresso valeu cada centavo. Não só pela partida, que foi um jogão, mas também pela inacreditável série de quatro pênaltis que Anderson Lima (foto) teve de bater para dar a vitória ao Coritiba por 1 a 0 sobre o Ipatinga.

Eram jogados 48 minutos do segundo tempo e o jogo estava 0 a 0. Foi quando Ricardinho invadiu a área e se chocou com Duílio. O juiz Cléber Welington Abade entendeu que foi pênalti e correu para a marca da cal.

O camisa 5 do Coxa ajeitou a bola, correu, chutou e Fred defendeu. No entanto, o auxiliar Claudemir Maffessoni ergueu a bandeira alegando que o goleiro se adiantou. Melhor para Anderson, que teria nova chance para marcar o gol. Ele bateu de novo, no mesmo canto, e Fred pegou. Mas nada de festa para o Ipatinga. Lá estava a bandeira levantada novamente. Outra cobrança teria de ser feita.

Depois de muita confusão, Anderson Lima foi para a bola pela terceira vez e... Fred de novo estava lá. Lá também estava Claudemir Maffessoni, mais uma vez, com sua intrépida bandeira em riste.

A cena parecia saída do filme Boleiros, de Ugo Giorgetti, em que um juiz ladrão, interpretado por Otávio Augusto (foto), manda que um pênalti seja batido até que o time o converta, mesmo que para isso o cobrador tenha que ser mudado.

Aos 54 minutos da etapa final, Anderson Lima chuta a quarta cobrança e, enfim, balança as redes do Ipatinga. Agora, o Coritiba está mais líder do que nunca, com 52 pontos. O Ipatinga vem na segunda posição com seis pontos a menos.

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

CBF anuncia Copa do Brasil Feminina

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou nesta quinta-feira que irá criar a versão feminina da Copa do Brasil. O presidente da entidade, Ricardo Teixeira, pediu um levantamento de todos os clubes que possuem time feminino para assim criar a competição. A expectativa é que a estréia seja em outubro deste ano.
Segundo Ricardo Teixeira, a Copa do Brasil feminina será o "embrião" para que depois seja criado o Campeonato Brasileiro Feminino, tão reinvidicado pelas atletas brasileiras. Para esta iniciativa, a CBF irá contar com o apoio do Ministério do Esporte.
Esta é a recompensa para as jogadoras da nossa seleção brasileira que chegaram à final da Copa do Mundo, na China. O trabalho delas praticamente não é reconhecido, mesmo provando serem umas das melhores do mundo. A divulgação da campanha brasileira é mínima comparada a Copa do Mundo masculina. Tudo por causa dos retornos financeiros, que são menores. E agora, finalmente, o pedido delas será atendido com a criação de um campeonato de mais expressão.
A final da Copa do Mundo feminina será neste domingo, às 9h da manhã, contra a Alemanha.

Cuca não é mais técnico do Botafogo

Após estar ganhando por 2 a 1, com 1 jogador a mais, o Botafogo tomou 3 gols e foi eliminado Copa Sul-Americana pelo River Plate ontem, em Buenos Aires. O resultado, além de desmoralizante, já fez seus estragos. Cuca, que teve seu pedido demissão após o jogo negado, insistiu em sua saída e foi atendido. Não dirige mais o Fogão.

Quem confirmou a história foi o vice-presidente de futebol do Botafogo, Carlos Agusto Montenegro. O cartola ainda fez muitas criticas ao elenco, mas elogiou o trabalho de Cuca e disse que não pensou em quem será o novo treinador. O cara está puto da vida, veja a declaração dele para o portal Globoesporte.com:

Não estou pensando nisso ainda. Quero apenas que o ano acabe logo para trocar todo esse elenco. São jogadores que não têm alma, nem coração. Eles não sabem honrar a camisa do Botafogo. Recebem salários em dia, às vezes até adiantados e fazem isso. Passou do estágio da decepção e chegou no da vergonha. É uma pena a única pessoa com alma e coração, o Cuca, vá deixar a equipe.
Além disso, Montenegro não acredita na classificação do Botafogo para a Libertadores:
Esses jogadores não têm condições de classificar o Botafogo para a Libertadores!
A coisa está fervendo para os lados de General Severiano! Sem o Cuca ficará ainda mais difícil o sonho da América pro Fogão!

Ahh, Hope Solo! Ahh, Hope Solo!

Eu sei que esse blog é totalmente jornalístico, ou melhor, jornaleirístico, mas tenho de confessar estar apaixonado. Fala sério, tem como não estar?


Hope Solo, I love you! Marry me!

Botafogo entrega classificação para o River Plate

O Botafogo fez o mais difícil. Após vencer o jogo de ida da Copa Sul-Americana contra o River Plate por 1x0, iniciou o jogo de volta, na Argentina, com a vantagem do empate. Mas, muito apático, permitiu uma grande virada do River e perdeu por 4x2.
A vantagem inicial do Botafogo era boa. Para melhorar, o time conseguiu um gol nos primeiros minutos, com o meia Lúcio Flávio. Com isso, a vantagem aumentou e o Botafogo estava com a vaga nas mãos. Mas a tranquilidade brasileira durou apenas 31 minutos, já que o Fogão tomou um gol do colombiano Falcão, empatando a partida.
Logo na sequência, o meia Zé Roberto pisou em Ahumada e levou o segundo cartão amarelo, deixando o time carioca com um jogador a menos. Restava ao Botafogo suportar a pressão argentina no Monumental de Nuñez. E assim foi até o fim do primeiro tempo.
No segundo tempo, o Botafogo entrou acordado e conseguiu marcar o segundo gol com o atacante Dodô, em um rápido contra-ataque. Para ajudar o time brasileiro, dois jogadores do River Plate foram expulsos na sequência. Com um gol de vantagem e um jogador a mais, a vaga era quase do Botafogo.
Quase. Porque assim como na semi-final da Copa do Brasil e na final do Campeonato Carioca, o time ficou no quase. Mesmo com um jogador a menos, o River avançou e começou uma forte pressão em cima do Fogão. O gol de empate não demorou e foi, de novo, de Falcão. O Botafogo sentiu o golpe e sumiu na partida.
O terceiro gol argentino, então, foi questão de tempo. Ríos completou um cruzamento de Ortega e virou para o River, que ainda precisava de mais um gol para se classificar. Apoiado pela torcida, o time argentino atacava o tempo todo e o Botafogo, apático, só se defendia. Até quando não conseguiu mais. Aos 47 minutos, Falcão aproveitou cruzamento, fez seu terceiro na partida e deu a classificação ao River Plate.
Mais uma desilusão para o torcedor botafoguense, que não vê o bom futebol do time em 2007 ser convertido em título. O sempre polêmico dirigente Carlos Augusto Montenegro estava transtornado após a partida. "Não quero olhar na cara de nenhum jogador, eles foram uns covardes, não honraram essa camisa. Vou multar todo mundo que jogou em 30% do salário", comentou o dirigente, buscando apoio jurídico para agir com rigor.
O técnico Cuca chegou a pedir demissão, que não foi aceita pelo dirigente. Mas mesmo assim o Fogão corre o risco de ficar sem treinador nas próximas horas.

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Meninas do Brasil aplicam goleada nos EUA e estão na final da Copa do Mundo

Brilhante! Essa é a palavra que pode definir a Seleção na Copa do Mundo de Futebol Feminino. Hoje pela manhã, o Brasil confirmou a ótima fase e enfiou 4 a 0 nas meninas dos EUA, consideradas favoritas antes da partida.

A vitória, que teve gols de Osboune, contra, Marta, Cristiane e Marta, mais uma vez, credenciou as brasileiras para a final, que será realizada domingo, às 9h, contra a Alemanha.

O jogo começou muito antes da bola rolar, ainda nos bastidores. Os EUA, comandados pelo técnico Greg Ryan, acusaram as brasileiras de fazer muitas faltas e jogar sujo. Mas o que se viu durante o jogo foi o contrário.

Aos 4 minutos de jogo, Cristiane invadiu a área e levou um carrinho por trás. Pênalti não marcado pela árbitra suiça. Fazendo muitas faltas duras, o time norte-americano perdeu a volante Shannon Boxx, expulsa, ainda no fim do primeiro tempo.

Além disso, Ryan resolveu mudar a goleira para o jogo contra o Brasil. Tirou a titular (e linda) Hope Solo e escalou a veterana Briana Scurry, de 35 anos. Scurry foi a titular da equipe nas últimas três Copas do Mundo (1995, 1999 e 2003), mas pareceu estar sem ritmo no jogo de hoje. Falhou em dois gols da Seleção brasileira.

Quem estava inspirada, como sempre, era Marta. A camisa 10 do Brasil fez miséria com a defesa do adversário. Deitou e rolou e fez dois golaços. Destaque para o último da goleada. Uma pintura!

Agora, as adversárias são as alemãs, atuais campeãs do mundo. Domingo, 9h da manhã, é dia de torcer para essas heroínas do esporte, que, sem incentivo, levam o nome do Brasil para os lugares mais altos do pódio.

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Vampeta é barrado no primeiro treino sob o comando de Nelsinho

Nelsinho Batista realizou, na tarde de hoje, o primeiro treino coletivo da sua nova passagem pelo Corinthians. E, ao que tudo indica, mais confusão deve vir por aí.

O veterano Vampeta, referência do time nos últimos jogos, foi sacado pelo técnico e treinou entre os reservas. No lugar do volante, o treinador colocou Zelão e "ensaiou" o time no 3-5-2.

Ontem, durante sua apresentação, o novo comandante já alertava para essa possibilidade. "A experiência dele é importante, mas o futebol hoje é dinâmico", disse.

Essa não foi a única mudança de Nelsinho. Rosinei, titular contra o Palmeiras, dá lugar a Moradei. Aílton, contratado para ser o substituto do jovem Willian, vendido ao futebol ucraniano, fica no banco. Everton Santos entra em seu lugar. Na ala direita, Amaral, contratado por empréstimo do Palmeiras, assume a vaga de titular. Assim, Iran volta para a esquerda.

O Corinthians deve começar o jogo contra o Sport, sábado, no Pacaembu com: Felipe, Zelão, Fabio Braz e Betão; Amaral, Moradei, Bruno Octávio, Héverton e Iran; Everton Santos e Finazzi.

Como será que o time e o torcedor vão reagir a essa opção de Nelsinho?

Fluminense com medo de perder seu principal jogador

Já classificado para a Libertadores de 2008, o Fluminense usa o Campeonato Brasileiro para preparar o time para a tão esperada participação no torneio continental.
A boa 5ª posição dá ao Flu a condição de melhor equipe carioca no Brasileirão até o momento. Mas, em meio à boa campanha, surge um grande problema para a direção tricolor administrar.
O contrato de Thiago Neves, melhor jogador do time na temporada, termina no final do ano. O meia está negociando a renovação com o Fluminense há pelo menos dois meses, mas até agora nada de acerto.
O jogador "herdou" a camisa 10 após a saída de Carlos Alberto, que foi para a Alemanha. Desde então, ganhou destaque pelo gols marcados e assistências dadas, principalmente em bolas paradas, sua especialidade.
A permanência de Thiago Neves ficou ameaçada devido a uma suposta sondagem do Palmeiras, que também tenta vaga na Libertadores. Após isso, o São Paulo surgiu como possível interessado no meia. Agora os rumores citam interesse de clubes europeus em Thiago.
Alheio a isso, o Fluminense continua negociando e espera contar com o seu melhor jogador no ano de 2008, que promete ser especial aos tricolores, que voltarão à Libertadores após um bom tempo afastado.
Ao mesmo tempo, o Flu já pensa em um possível substituto para o Thiago Neves. O meia Acosta, destaque do Náutico no Brasileiro, já está conversando com o tricolor carioca e pode desembarcar nas Laranjeiras no final do ano.
Em tempo: O rival Flamengo acertou a contratação do volante pentacampeão mundial Kléberson. O jogador atuou pelo Besiktas, da Turquia, e deixou a equipe após uma disputa judicial na Fifa. Kléberson será aproveitado pelo Mengão apenas em 2008.

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Lusa vence o Vitória e entra no G4

Em pleno estádio do Barradão, em Salvador, a Portuguesa venceu o Vitória, de virada, por 3 a 2 e voltou a entrar na zona de classificação para a Série A de 2008.

Essa foi a quinta partida seguida de invencibilidade da equipe dirigida por Vágner Benazzi (quatro vitórias e um empate), que agora tem 44 pontos e está na terceira posição.

Os visitantes abriram o placar com Preto, de falta, aos 23 minutos do primeiro tempo, mas o time recuou muito e deixou o Vitória virar o jogo. O gol de empate foi de Chicão, aos 38 do primeiro tempo, em um rebote de um chute de Willians. O desempate veio com Joãozinho, aos seis minutos da etapa final.

A virada dos baianos fez a Lusa acordar, principalmente o meia Diogo, destaque do time na temporada, que estava apagado na partida. Aos 16 minutos, ele recebeu um cruzamento da direita, dominou e estufou a rede dos donos da casa. Tudo igual no placar: 2 a 2.

O Vitória passou a pressionar o time paulista, que apostava nos contra-ataques. E foi em um deles que a Portuguesa virou o jogo. Diogo recebeu no meio e lançou Vaguinho livre na esquerda. Ele dominou, pedalou para cima do zagueiro, invadiu a área e chutou cruzado, por cima do goleiro Ney. Para matar o jogo: 3 a 2 Lusa.

O próximo desafio da Lusa é na terça-feira, contra o Paulista, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. O Galo do Japi luta contra o rebaixamento.

Mais Segundona

Na outra partida da noite, o Marília foi a Campinas e venceu a Ponte Preta por 2 a 1. O jogo marcou as estréias de Paulo Comelli, que deixou o Marília na semana passada, na Ponte Preta e de Jorge Raulli no MAC.

Com o resultado, a Macaca fica com 38 pontos e o Marília vai aos 40. Ambos seguem na briga por uma vaga na Primeira Divisão.

Argentina sedia Mundial Gay de Futebol

Começou domingo, na Argentina, a quarta edição do Mundial Gay de Futebol. O campeonato, que é organizado pela Internacional Gay and Lesbian Football Association (IGFLA), tem 28 equipes de dez países. O Brasil, terra de "gente macha"(!), não tem nenhum representante.

Disputam o título cinco equipes da Argentina (país-sede); nove dos Estados Unidos; quatro do Reino Unido; Austrália, Canadá e Chile têm dois representantes cada; e México, Irlanda, Islândia e Uruguai mandaram um time.

O presidente da Associacion Argentina de Futbol (AFA), Julio Grondona, disse que apoia a realização do evento e que vai ajudar cedendo árbitros e um estádio para a grande final. Ele ainda falou que se identifica com a luta dos gays contra o preconceito e que terá o prazer e assistir a decisão.

Na cerimônia de abertura, as 28 delegações fizeram um desfile com a bandeira do arco-íris, símbolo dos gays, com o nome de homossexuais mortos vítimas de Aids ou de violência. A primeira rodada teve seis jogos e três vitórias dos nossos "hermanitos" contra times americanos.

É um orgulho saber que a Argentina, ao seu "jeito", é o país do futebol!

É hora de partir?

Em má fase, insatisfeito com a imprensa espanhola e afastado do próximo jogo do Barcelona, o meia Ronaldinho (foto) não anda feliz. Escolhido por duas vezes, 2004 e 2005, como o melhor jogador do Universo, o craque da Seleção brasileira perdeu prestígio com a imprensa e já não é mais unaniminidade para a torcida catalã.

Com isso, os boatos de uma possível transferência borbulham o mercado europeu. O destino do brasileiro seria o inglês Chelsea, clube do quadrilhardário mafioso/empresário Roman Abramovich, que estaria disposto a desembolçar cerca de 70 milhões de Euro para contar com o futebol do craque. Segundo consta, Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, já está com a negociação bem avançada e só estaria faltando assinar o contrato. O salário de Ronaldinho giraria em torno de 3 milhões de Euro por mês.

Para mim, Ronaldinho sempre foi a cara do Barcelona e eu imagino que ele, se estivesse de bem com a vida, não sairia de lá nunca, mesmo pelas quantias exorbitantes supostamente propostas pelo Chelsea. No entanto, futebol é momento e ele não está em boa fase. Aliás, acabou trocando as bolas, já que antes a imprensa brasileira reclamava que ele não rendia na Seleção como no clube catalão e agora vive boa fase no selecionado de Dunga enquanto pena na Espanha.

E para vocês, chegou a hora de partir?

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Confirmado "roubo", Internacional quer o título de 2005

Se o futuro do Corinthians parece comprometido pela má administração e a mal sucedida parceria com a MSI, o passado também parece não estar totalmente limpo.
O ex-presidente Alberto Dualib confirmou, em escuta telefônica, que o título do Campeonato Brasileiro de 2005, conquistado pelo Corinthians, foi roubado. A conversa do dirigente era com Renato Duprat, homem-forte da parceria com a MSI.
"Se não tivesse aquela m... da anulação de 11 jogos, nós estaríamos fora, porque o campeão de fato e de direito seria o Internacional", disse Dualib. O corintiano se referia às onze partidas anuladas no campeonato de 2005, sob a alegação de interferência do árbitro Edílson Pereira de Carvalho nas partidas.
Outra declaração polêmica de Dualib foi sobre a diferença de pontos na ocasião. "Porque os últimos cinco jogos, nós tínhamos 14 pontos na frente, e chegamos com um ponto só... roubado", declarou. O Internacional, grande adversário do Corinthians em 2005, foi prejudicado no confronto entre as equipes, no Pacaembú, quando o árbitro Márcio Resende de Freitas não deu um pênalti claro sobre o volante Tinga. Além disso, expulsou o atleta, alegando simulação.
O presidente do Inter, Vitório Píffero, foi rápido e já declarou que vai tentar anular o título corintiano e levá-lo para o Beira-Rio. A investigação sobre a parceria do Corinthians com a MSI continua. Agora, além da acusação de lavagem de dinheiro, há mais indícios de irregularidades do título de 2005.
A expressão "roubo", usada por Dualib, é freqüentemente dita pelos envolvidos com o futebol. Nem sempre quer dizer que haja um complô ou algo do tipo, muitas vezes é apenas uma forma de estravazar a emoção.
Mas como os dirigentes envolvidos no caso devem, no mínimo, ser seriamente investigados, cabe a nós esperar por uma punição ao culpados e aguardar para saber se o título será dado ao Internacional, campeão moral de 2005.

Zé Augusto sai e Nelsinho deve assumir o Timão

Como já era de se esperar, o interino-efetivado Zé Augusto não conseguiu durar no comando do Corinthians. Em reunião hoje a tarde, os dirigentes alvi-negros decidiram pela saída do treinador.

Agora, a diretoria estuda nomes para assumir a bronca na reta final do campeonato e tentar salvar o Timão do rebaixamento. Mano Menezes, do Grêmio, e Ney Franco, do Atlético-PR, são os preferidos, mas é um velho conhecido quem deve pintar no Parque São Jorge.

Nelsinho Batista, que foi demitido da Ponte Preta no último fim de semana, já foi contactado e deve se reuniar ainda esta noite com a cúpula corintiana. O treinador tem história no clube. Foi campeão brasileiro em 1990 e paulista em 1997. Se for contratado, será a quarta passagem do técnico pela equipe.

Apesar de deixar a direção técnica do Corinthians, Zé Augusto não vai ser demitido. Ele deve voltar para as categorias de base ou ficar como auxiliar do novo treinador. Sob seu comando foram cinco derrotas e duas vitórias. Apenas 28,57% de aproveitamento.

domingo, 23 de setembro de 2007

Palmeiras vence clássico e tem dupla felicidade

Jogando com o seu novo uniforme 'verde limão', o Palmeiras venceu o clássico contra o Corinthians por 1x0, gol do zagueiro Nen, de cabeça, e voltou ao grupo dos quatro que se classificam para a Libertadores de 2008. De quebra mandou o rival para a zona de rebaixamento.

O jogo foi fraco tecnicamente, com o Palmeiras pressionando o Corinthians desde o início. Nos primeiros minutos, o Verdão teve duas grandes chances de abrir o placar, mas esbarrou no ótimo goleiro Felipe, que salvou o Timão.

Passada a pressão inicial, o Corinthians esboçou reação, mas faltava criatividade no meio-de-campo. O chileno Valdívia levava perigo ao Timão com suas jogadas individuais, sempre paradas com falta. Mas o primeiro tempo terminou mesmo 0x0.

No segundo tempo, o jogo não mudou. O Palmeiras continuou atacando e o Corinthians buscava os contra-ataques, mas sem efetividade. O gol palmeirense estava maduro e saiu após mais uma falta sofrida por Valdívia. Na cobrança, Caio cruzou para o zagueiro Nen completar de cabeça.

Em desvantagem, o Corinthians foi para cima e tentou desesperadamente o empate. A falta de qualidade técnica fazia o Timão exagerar nos cruzamentos na área, sempre em busca de Finazzi, que estava em uma tarde nada inspirada.

E a pressão não deu resultado. O Palmeiras conseguiu a importante vitória e voltou ao G4, com 43 pontos, na 4ª posição. A derrota levou o Corinthians novamente à indesejada zona de rebaixamento, com 33 pontos, na 17ª posição.

Vem mais crise por aí!

sábado, 22 de setembro de 2007

Coritiba vence e fica perto da Série A

O Coritiba está cada vez mais perto de voltar para a Série A. O time paranaense venceu o Ceará por 2 a 0, nesse sábado, e se isolou ainda mais na liderança da Série B.

A equipe do meia Keirrison(foto) tem 49 pontos, oito a mais que a Portuguesa, primeiro time fora do grupo de classificação.

A Lusa vacilou na sexta-feira e empatou em 0 a 0 com o São Caetano no Canindé. O Azulão, que começou bem o ano, tem 33 pontos, um a mais que o Paulista, primeiro time da zona de rebaixamento.

No segundo lugar, o Ipatinga também está com um pé na Primeira Divisão. Chegou aos 46 pontos ao vencer o Brasiliense por 3 a 0. O time do Distrito Federal continua com 40 pontos, mas caiu para a sexta posição na tabela.

Quem não pára de cair é o Criciúma. O time catarinense perdeu mais uma nesse final de semana e acabou a rodada na quarta posição, com 41 pontos. Dessa vez, o algoz foi o candidato ao rebaixamento Fortaleza que, em casa, fez 2 a 0, chegou aos 33 pontos e saiu da zona da degola.

Na terceira posição está o Vitória, que venceu, na terça-feira, o Marília por 2 a 1, jogando fora de casa. Os baianos têm os mesmos 41 pontos de Criciúma e Portuguesa, mas têm 13 vitórias, uma a mais que o Tigre e duas a mais que a Lusa.

A 27ª rodada da Segundona começa terça-feira com o confronto direto entre Vitória e Portuguesa, às 20h30. Ponte Preta e Marília jogam no mesmo horário.

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Brasil é o único 100% no Mundial Feminino

Nem o tufão Wipha pára as meninas brasileiras. Na manhã de hoje, o Brasil garantiu vaga para as quartas-de-final da Copa do Mundo de Futebol Feminino, que está sendo realizada na China. A Seleção venceu a Dinamarca por 1 a 0, gol de Pretinha(foto), e agora enfrenta a Austrália, vice-líder do grupo C.

A equipe comandada pelo técnico Jorge Barcellos é a única que venceu todos os jogos na competição. Foram 10 gols marcados e nenhum sofrido. Por falar nisso, o Brasil não toma gols desde antes do Pan-americano.

O jogo de hoje não pareceu em nada com as outras duas partidas, quando nossas meninas venceram a Nova Zelândia, por 5 a 0, e a China,por 4 a 0.

Com Marta muito marcada e em um dia não muito bom, a Seleção sofreu para vencer as dinamarquesas e o gol da vitória só saiu aos 45 minutos do segundo tempo. Elaine viu Pretinha livre pela direita e deu um belo lançamento. A camisa 18, uma das mais veteranas da equipe, só teve o trabalho de tocar por cima da goleira Johansen.

Agora, as quartas-de-final ficaram assim:

Brasil x Austrália

Noruega x China

Alemanha x Coréia do Norte

EUA x Inglaterra

Palermo faz dois e derruba invencibilidade do São Paulo

O São Paulo não suportou a pressão do Boca Juniors em La Bombonera e perdeu por 2x1, ontem, na partida de ida das oitavas-de-final da Copa Sul-Americana. Foi a primeira derrota tricolor em 16 jogos. O resultado, porém, não foi tão ruim, já que o São Paulo jogou mal e conseguiu seu gol aos 45 minutos do segundo tempo.

O destaque da partida foi o atacante Martin Palermo, autor dos dois gols argentinos, ambos de cabeça. O jogador, com certa limitação técnica, conta com grande poder de finalização e um posicionamento fantástico para marcar gols. Não à toa vai se tornar o maior artilheiro da história do Boca, faltando apenas 11 tentos para conseguir o feito.

Na partida, o São Paulo não repetiu o bom futebol do Brasileirão e foi dominado durante toda a partida. Os gols de Palermo premiaram um Boca melhor em campo, frente a um São Paulo sem poder ofensivo. E nem a defesa, ponto forte da equipe, foi tão bem quanto de costume, como na falha de Miranda no primeiro gol argentino. No segundo, Rogério poderia ao menos ter pulado, já que a cabeçada parecia defensável.

Outros dois jogadores tricolores, que andam sendo destaque no Brasileiro, atuaram muito mal. Coincidência ou não, Jorge Wágner e Richarlyson jogaram em posições alternadas e decepcionaram. Pela ala-esquerda, Richarlyson não acertou nenhuma jogada ofensiva, enquanto Jorge Wágner embolava o meio-de-campo e não armava jogadas.

No fim, o Tricolor "achou" um gol em um chutão, aproveitado por Borges. O gol deu chances do São Paulo reverter o resultado na partida de volta, que será realizada no Morumbi na próxima quarta-feira.


Outros jogos:

Os times brasileiros saíram em desvantagem nos jogos de ida contra os argentinos na Copa Sul-Americana. Com uma vitória (do Botafogo) e três derrotas (São Paulo, Vasco e Goiás), os times brasileiros terão dificuldades para reverter os placares nas partidas de volta, marcadas para a próxima semana.

Contando com o apoio da torcida no Engenhão, o Botafogo venceu o River Plate por 1x0, com um golaço de Joílson. Agora o time carioca leva vantagem à Argentina. Mas deve ter vida dura, já que o River joga muito melhor dentro de casa.

Em um campo sem condições para a prática do futebol, o Vasco perdeu por 2x0 para o Lanús, na Argentina. Sílvio Luís ainda defendeu um pênalti, mas não evitou a derrota. O resultado foi péssimo para as pretensões vascaínas, que tentarão virar o placar em São Januário.

O Goiás, por sua vez, continua caindo de rendimento. Foi derrotado em pleno Serra Dourada pelo Arsenal, por 3x2. Os dois gols goianos foram marcados em faltas cobradas pelo "faz-tudo" Paulo Baier.

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Barça e Arsenal largam bem na Copa dos Campeões

Na primeira rodada da fase de grupos da Copa dos Campeões da Europa, o Barcelona jogou bem e bateu o forte Lyon por 3 a 0, jogando em casa. Comandados por Messi e Henry (foto), um gol cada, os catalães mostraram sua força e confirmaram a condição de favoritos ao primeiro lugar no grupo E. Pelo mesmo grupo, o Rangers, jogando na Escócia, bateu o Stuttgart por 2 a 1 de virada, gols de Adam e Darcheville para o time da casa e Gomez para os alemães.

O outro time que venceu com sobras foi o Arsenal, de Cesc Fabregas e companhia. Jogando em casa, os ingleses bateram o Sevilla, por 3 a 0, com gols do meia espanhol, Van Persie e Eduardo Silva. No outro jogo do grupo, o Slavia Praga bateu o Steaua Bucareste por 2 a 1. Mesmo com a derrota, os espanhóis são favoritos para ficarem com a segunda vaga do grupo H.

No grupo da morte, os mandantes se deram bem na primeira rodada. Com o estádo abarrotado, o Fenerbahçe bateu a toda poderosa Inter de Milão por 1 a 0, com gol anotado pelo brasileiro Deivid, ex-Santos e ex-Corinthians. No Holanda, o jogo foi mais dificéis para os donos da casa, mas mesmo assim o PSV bateu o CSKA Moscow por 2 a 1, com gols de Lazovic e Perez para o atual campeão holandês e de Vágner Love, para os russos.

Ainda nesta quarta, a Roma jogou contra o Dynamo de Kiev e venceu por tranquilos 2 a 0, com gols de Perrotta e Totti. O interessante é o fato que as duas equipes são duas das que mais possuem brasileiros no elenco, com 5 deles no time italiano e outros 4 no time ucraniano. No outro jogo do grupo F, o Manchester United derrotou o Sporting por 1 a 0, com gol de Cristiano Ronaldo, ex-jogador do clube português. Se a lógica seguir, romanos e ingleses devem se classificar.

Equilíbrio na abertura

A primeira rodada da Champions, começou na terça e com jogos muito parelhos. Além disso, recheada de brasileiros, nesta edição são 102 brasileiros inscritos, um recorde, ou não. Bom, com esse grande número de jogadores do Brasil, o primeiro gol da competição não poderia ter sido de outro jogador, que não um brasileiro. E foi de Brandão, do Shakhtar Donetsk, na vitória por 2 a 0 sobre o Celtic, pelo grupo D. Ainda pelo menos grupo, o atual campeão, Milan, de Kaká, começou jogando bonito e em dois golaços, um de Pirlo e outro de Inzaghi (foto), abriu 2 a 0 contra o Benfica. No entanto, o rendimento caiu e os portugueses conseguiram descontar nos acréscimos da segunda etapa, com Nuno Gomes.

Jogando no Santiago Bernabeu, o Real Madrid passou sufoco, mas conseguiu vencer o Werder Bremen por 2 a 1, com gols de Raúl e Van Nistelrooy para os merengues e Sanogo para os alemães. Robinho só entrou no segundo tempo e deu mais qualidade ofensiva a equipe madrilenha. Na outra partida do grupo C, o Olympiacos empatou em casa com a Lazio, 1 a 1.

A zebra da rodada aconteceu em Londres, onde o todo poderoso Chelsea, de José Mourinho, só empatou com o mediano Rosenborg, da Noruega, 1 a 1. Os noruegueses ainda saíram na frente com Koppinen, e só cederam empate na segunda etapa, quando Shevchenko anotou para os ingleses. Ainda pelo grupo B, o Valência conseguiu um excelente resultado frente o Schalke, jogando na Alemanha. Com gol do atacante David Villa, os espanhóis venceram por 1 a 0 e lideram o grupo.

Pelo grupo A, o Olympique de Marselha se deu bem e bateu o Besiktas em casa por 2 a 0, com tentos anotados por Rodriguez e Cissé. Os franceses lideram o chave, pois na outra partida o Porto apenas empatou com o Liverpool, jogando em Portugal, 1 a 1. Para os lusos, anotou o argentino Lucho González e os ingleses empataram com o holandês Kuyt.

A próxima rodada acontece nos dias 2 e 3 de Outubro.

Polêmico, 'drible da foca' ganha mais um capítulo

A novela envolvendo o meia Kerlon, do Cruzeiro, e seu drible da foca, ganharam mais um capítulo. Agora foi a vez do zagueirão Luiz Alberto(foto), do Fluminense, condenar a atitude da jovem promessa cruzeirense.

Luiz Alberto disse que "arregaçaria" o jogador caso ele fizesse o "truque" em sua frente. Ele classificou o lance como falta de respeito com o adversário e afirmou que, se fosse preciso, aplicaria um golpe de capoeira para tirar a bola de Kerlon.

Após fazer o comentário, o zagueiro falou que tem conhecimento de que as declarações possam parar no STJD, mas não tem medo de sofrer punição.

A declaração chegou aos ouvidos do procurador-geral (e Robert) do Tribunal, Paulo Schmitt, que lançou um desafio a Luiz Alberto. Quer ver se ele tem mesmo coragem de fazer o que falou e que se fizer, será punido. No entanto, Fluminense e Cruzeiro não se enfrentarão mais no Brasileirão e o confronto ficará para o ano que vem.

Na segunda-feira, durante o programa Bem,amigos!, do Sportv, o lateral do Santos e da Seleção, Kléber, também ficou ao lado de Coelho e disse que teria tido a mesma reação do lateral do Atlético/MG caso sofresse o drible. Ele não acredita que o cruzeirense faria a "foquinha" se estivesse em desvantagem no placar.

Kerlon, por sua vez, depois de ouvir todos os tipos de ameaças, não se mostra intimidado com os adversários. Vai continuar fazendo a jogada que inventou.

Brasil cai para terceiro na ranking da FIFA

Nesta quarta-feira, a Fifa anunciou seu ranking de setembro e, para a surpresa de todos a Itália lidera, seguida da Argentina e com o Brasil na terceira colocação.
Fato inusitado, já que desde o mês passado o Brasil venceu os três amistosos disputados contra a Argélia, Estados Unidos e México. Enquanto a seleção italiana empatou em casa contra a França e venceu a Ucrânia nas eliminatórias para a Eurocopa de 2008.
A Argentina manteve sua posição em segundo lugar e desde o ranking de agosto somente fez uma partida, na qual venceu a Austrália.
O que nos deixa mais curiosos é saber quais são os critérios utilizados pela Fifa para este ranking. Indenpendente disto, esperamos que a Seleção brasileira volte a nos alegrar e traga mais um título de campeão do mundo na África do Sul em 2010. Quem sabe assim a Fifa devolva o lugar do Brasil no topo do ranking.
Confira os dez primeiros colocados no ranking de setembro e seus pontuações:
1. Itália 1488
2. Argentina 1451
3. Brasil 1444
4. Alemanha 1330
5. Holanda 1246
6. França 1220
7. Espanha 1178
8. Portugal 1169
9. Inglaterra 1165
10. Croácia 1151

Jogando na casa do inimigo

Além da crise nos bastidores, envolvendo a conturbada parceria com a MSI, o torcedor do Corinthians sofre com a fraca campanha do time no Brasileirão.

Com 33 pontos e ocupando a 14ª posição, o Corinthians está 2 pontos acima do Paraná, que é o primeiro time na zona do rebaixamento. E as últimas rodadas prometem ser decisivas para a permanência do Timão na elite do futebol brasileiro.

Nas últimas rodadas, porém, o Corinthians não poderá jogar em "casa". O estádio do Pacaembú, tradicional casa corintiana, fechará para reformas. Desta forma, o Timão terá de conseguir outro estádio para mandar seus jogos.

O Morumbi, do rival São Paulo, sempre foi o escolhido pela direção corintiana para essas ocasiões. Mas com reclamações da Fiel, o estádio foi vetado. O Canindé, campo da Portuguesa, está com a capacidade reduzida para 5 mil torcedores, o que limitaria o espaço para o torcedor.

Antoine Gebran, vice-presidente de futebol do clube, cogitou a hipótese do Corinthians atuar no Palestra Itália, estádio do rival Palmeiras. O Timão não joga no Palestra desde o ano de 1988. Mas a idéia de jogar na casa do principal rival não agrada a Fiel torcida.

Em declaração ao jornal Lance!, o presidente da principal torcida organizada do Corinthians, Herbert, desdenha do estádio alvi-verde. "Se eles são porcos, nós não somos. Pedimos para sair do Morumbi para jogar no Pacaembu. Se não pudermos jogar lá, tudo bem. Arrumamos outro lugar. Menos lá", disse.

A rivalidade entre as duas equipes é grande e vai ganhar um novo capítulo na história do clássico no próximo domingo, quando as equipes se enfrentam no estádio do Morumbi. O jogo é de suma importância para os dois times. Enquanto o Corinthians foge da zona de rebaixamento, o Palmeiras briga por uma vaga na Libertadores.


terça-feira, 18 de setembro de 2007

Hugo Sánchez: México de verde? Nem pensar!

A seleção do México não deve mais jogar com a tradicional camisa verde que estamos acostumados a ver. Isso foi o que garantiu o treinador da equipe, Hugo Sánchez (foto). Para ele, o uniforme "confunde com o gramado".

Sanchéz avisou que, a partir de agora, os mexicanos jogarão de branco em jogos em casa e de vermelho em jogos fora de casa. Segundo o maior jogador da história da seleção mexicana, ele já pensa na mudança desde que assumiu o cargo. "Parece que há menos jogadores em campo com a camisa verde do que haveria se a camisa fosse de outra cor", explicou.

A imprensa do país está acusando o treinador de querer jogar de branco, porque torce para o Real Madrid, clube onde jogou e deixou o nome marcado entre 1985 e 1992.

Ele garante que o motivo não é esse e que já pensava nisso quando ainda jogava pela seleção. De acordo com o técnico, a mudança vai dar a impressão de que os mexicanos serão 12 ou 13 jogadores em campo. Vai entender...

O que é certo é que, com 11 ou 13 homens em campo, o México jogou de branco contra o Brasil e perdeu por 3 a 1, fato que não acontecia desde 2004.

'Drible da foquinha': Habilidade ou desrepeito?

O meia Kerlon, do vice-líder Cruzeiro, causou polêmica no clássico mineiro do último final de semana, quando seu time venceu o Atlético-MG por 4x3, em jogo eletrizante.

Nos minutos finais, quando o Cruzeiro já vencia o Galo, Kerlon levantou a bola e fez o seu tradicional 'drible da foca'. Nervoso, o lateral Coelho o agrediu e foi expulso, causando grande confusão em campo.

O jovem atleta inventou esse drible diferente, onde conduz a bola com a cabeça, ainda nas categorias de base. Com passagens pela seleção, Kerlon ficou famoso por realizar o drible em competições internacionais. Por isso, ganhou o apelido de 'foquinha'.

O jogador explica que não há menosprezo aos adversários na jogada. Segundo Kerlon, a jogada é um recurso de habilidade, onde visa entrar na área adversário ou até mesmo cavar uma falta.

Alguns adversários, como o atleticano Coelho, acreditam que seja uma jogada desrespeitosa e que o jogador só realiza a jogada quando seu time está ganhando. Por outro lado, o técnico Dorival Júnior e a diretoria do Cruzeiro dão todo o aval para Kerlon realizar o drible e prometem brigar para que não haja ameaças ao jogador.

O recurso técnico de Kerlon e a inovação no drible, jamais realizado antes, fazem dele um jogador diferente. Esse diferencial pode decidir uma partida, como foi contra o Atlético, quando conseguiu a expulsão de um rival e facilitou a vitória de seu time.

Toda a demonstração de habilidade deve ser exautada e aplaudida. Kerlon deve apenas preocupar-se em não realizar a jogada para humilhar os adversários, pois isso pode gerar problemas para o próprio atleta.

E viva o bom futebol, o futebol bonito e os atletas de qualidade diferenciada. Esse garoto tem futuro!

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Árbitro não relata ofensa à Richarlyson

O volante Richarlyson, do São Paulo, está virando assunto dentro e fora de campo. Dentro das quatro linhas, o jogador é um dos grandes destaques do líder no Campeonato Brasileiro. Fora de campo, as polêmicas em torno de sua preferência sexual tomam as manchetes dos veículos de comunicação.

Após o jogo do último sábado, em que o São Paulo bateu o Santos por 2x1, Richarlyson saiu acusando o zagueiro Domingos de ter feito uma ofensa moral. O jogador não quis repetir as palavras ditas pelo santista, mas garante que o árbitro Sálvio Espínola ouviu a agressão e pede que ela seja descrita na súmula.

O goleiro Rogério Ceni também saiu em defesa do companheiro de equipe. Ele ouviu a ofensa e foi cobrar o árbitro ao final da partida. Mas, pelo jeito, de nada adiantou a pressão são-paulino, pois Sálvio nada escreveu na súmula da partida.

Mesmo assim, o São Paulo pretende levar o caso adiante e pedir uma severa punição ao zagueiro Domingos, que, por sua vez, não quis dar declarações sobre o assunto. A direção tricolor acredita que Rogério pode testemunhar a favor de Richarlyson.

Vale lembrar que Richarlyson é motivo de discórdio na própria torcida do São Paulo. Enquanto as boas atuações do jogador não são reconhecidas pela torcida organizada, que não canta o nome do volante, o restante da torcida aplaude e apóia Richarlyson em sua grande fase com a camisa tricolor.

Alheio a isso, o time do São Paulo se prepara para o confronto contra o Boca Juniors, nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Hugo, suspenso por 4 meses no Brasileiro, está liberado para atuar na competição continental e deve ser titular. Breno, suspenso pelo terceiro amarelo também no Brasileiro, é outro que deve ser aproveitado no time tricolor.

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Vídeo do Dia - Afonso Alves

Ele pode não ser unanimidade na Seleção Brasileira, mas o lugar no coração dos torcedores do Heerenveen, Afonso Alves sempre terá. Confira o vídeo da música You are my alves:




You are my Alves
Afonso Alves!
You make me happy
When skies are grey
When is pouring
You just keep scoring
Please don't take my Alves away!


Afonso Alves deixou o seu ontem na vitória de 3 a 1 do Brasil sobre o México, e para mim, é um excelente jogador e deve continuar no plantel canarinho!

Enfim, convenceu!

A Seleção Brasileira enfim apresentou um bom futebol e venceu a forte seleção mexicana por 3x1, de virada, ontem nos EUA. A vitória também serviu para acabar com a série de derrotas para a equipe mexicana, sendo a última na Copa América.

Os destaques da vitória brasileira foram Ronaldinho, Kaká e Robinho, que jogaram soltos e armaram muitas jogadas desde o começo da partida. O entrosamento apresentado pelo trio deu esperanças ao torcedor brasileiro da volta do futebol bem jogado.

O Brasil começou pressionando a equipe mexicana, que demorou para se encontrar na partida. As belas tabelas de Robinho, Kaká e Ronaldinho levavam perigo à meta do México. Mas em um contra-ataque rápido, Cacho concluiu e abriu o placar para os mexicanos.

Mas os comandados de Hugo Sanchez não tiveram nem tempo de comemorar. Na seqüência, o lateral Kléber completou cruzamento e empatou. E assim terminou o primeiro tempo.

Sem mudanças, o Brasil voltou para o segundo tempo com o mesmo ritmo, pressionando o México. As jogadas brasileiras fluiam, principalmente nos pés de um inspirado Ronaldinho Gaúcho, que realizava lançamentos precisos e participava das principais jogadas de ataque.

E foi em um desses lançamentos que nasceu o gol da virada. Ronaldinho achou Maicon livre na direita. O lateral cruzou, contou com a colaboração de Rafa Márques, que afastou mal, e Kaká tocou de primeiro para o gol, virando o placar.

O jogo, apesar de amistoso, teve clima tenso e marcação pesada. Tanto que o meia Elano, que havia acabado de entrar, foi expulso após jogada ríspida no meio-de-campo. O técnico Dunga também foi expulso por reclamação.

Mas o Brasil ainda achou tempo de marcar mais um. O atacante Afonso Alves, muito criticado mesmo sem ter tido muitas chances na seleção, fez o terceiro em jogada individual e deu números finais a partida.

O próximo compromisso brasileiro já é pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. O Brasil começa a caminhada rumo à África do Sul contra a Colômbia, no dia 14 de outubro.


Nota engraçada: O atacante Afonso é perseguido pela imprensa brasileira, que questiona a convocação do desconhecido artilheiro do futebol holandês. O que Afonso não esperava é que a imprensa americana também não gostasse dele.

Enquanto o atacante corria para marcar o terceiro gol do Brasil, as imagens da televisão americana mostravam o replay de um lance mexicano. Quando a imagem voltou, Afonso já havia marcado. Ou seja, em seu primeiro gol pela seleção, o jogador do Heerenveen teve que se contentar com um grito desanimado do locutor Cléber Machado

Em Portugal: o técnico Luis Felipe Scolari perdeu a calma após o empate de Portugal com a Sérvia. Em um lance na lateral, o treinador deu um soco no sérvio Dragutinovic, que tentou revidar. Confusão generalizada e empate péssimo para as pretensões portuguesas nas Eliminatórias da EuroCopa.

Ajuda ao líder: o Flamengo venceu o Cruzeiro ontem, no Maracanã, por 3x1, em jogo atrasado do Brasileirão. Com isso, quem comemorou foi o torcedor do São Paulo, que viu a vantagem de 9 pontos na liderança continuar intacta.

Sul-Americana: O Botafogo venceu novamente o Corinthians, desta vez por 2x1, e está classificado para a próxima fase. O Vasco também voltou a vencer o Atlético Paranaense e passou à diante na competição.

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Qual deve ser o pôster oficial da Copa de 2010?


A Africa do Sul resolveu fazer uma enquete para saber qual será o pôster oficial da Copa do Mundo de 2010, a primeira no continente africano. Só os moradores do país podem votar pela internet ou pelo celular.
Como a Banca do Futebol está sempre a frente, queremos saber a sua opinião. Qual o cartaz que você acha que deve ser escolhido? Vote em nossa enquete.

Rogério Ceni deve ser o goleiro da Seleção Brasileira?

O técnico Muricy Ramalho, do São Paulo, discordou do treinador da Seleção Brasileira, Dunga, sobre uma possível convocação do goleiro-artilheiro Rogério Ceni, do Tricolor.

Segundo Dunga, Rogério encerraria a carreira em dois anos. Ou seja, pararia de jogar antes da Copa do Mundo de 2010 e, por isso, não faria parte das convocações. Além disso, o treinador disse que Ceni não precisa ser testado, pois já comprovou a sua competência.

Muricy acredita que Rogério deve ser o goleiro titular da Seleção, por tratar-se de um atleta completo, experiente e vencedor. Mesmo assim, o técnico tricolor duvida que o arqueiro seja convocado.


No momento, o questionado Doni e o ex-flamenguista Júlio César são os preferidos de Dunga na meta verde-e-amarelo. Os outros goleiros já convocados pelo treinador são Gomes (PSV), Hélton (Porto) e até Fábio (Cruzeiro).

Sem tomar gol há 898 minutos, Rogério já foi reserva de Marcos e Dida nas Copas do Mundo de 2002 e 2006, respectivamente. Em 2010, na África do Sul, seria a chance do goleiro-artilheiro liderar o Brasil em um Mundial.

Tecnicamente, não há o que questionar. Rogério é o melhor goleiro brasileiro em atividade, apesar dos ótimos goleiros que os clubes brasileiros têm revelado, casos de Diego Cavalieri (Palmeiras), Felipe (Corinthians) e Bruno (Flamengo).

Além de fazer gols, o arqueiro são-paulino está há um bom tempo em grande fase técnica, defendendo muito bem o líder São Paulo no Brasileirão, além de comandar o time dentro e fora de campo. Ele foi considerado pelo próprio Felipão, ex-técnico da Seleção, como um "agregador de grupo".

Agora a questão é projeto. Se Dunga não vê Rogério como o goleiro para 2010, não irá mesmo convocá-lo. Mas, desta forma, vai contra à premissa de que Seleção é momento. E mesmo que considere Rogério fora dos planos, deveria dar chances para Diego Cavalieri, Felipe ou Bruno, que andam fazendo milagres bem às vistas da comissão técnica verde-e-amarela. O difícil é ver Doni como camisa número 1 da Seleção Brasileira.


Ele voltou. E agora, quem joga?

Ontem, o Palmeiras realizou um jogo-treino contra o São Caetano e a grande novidade foi a presença do penta campeão mundial Marcos (foto). Sem jogar desde a vitória do Verdão sobre o Juventus no Campeonato Paulista, o goleiro se recuperou totalmente da lesão no pulso e já está apto para jogar. Fica a pergunta: com Diego Cavallieri fechando o gol e sendo a principal revelação do Brasileirão, Marcos deve jogar ou não?

O guarda-metas alvi-verde já declarou que sua intenção não é atrapalhar a excelente fase vivida por Cavallieri e que nem pensa em voltar a ser titular esse ano. Para o técnico Caio Jr. só a presença de Marcos no elenco já traz benefícios, ele jogando ou não. E você? Acha que Marcos merece ser titular de novo ou chegou a vez do Diego assumir a 1 do Verdão?

Eu acho que essa é a preocupação que todo time gostaria de ter, são poucos os clubes no mundo que contam com tão bons goleiros.

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Vídeo do Dia - Torcida do Fenerbahçe

Você acha que as torcidas de Boca Jrs. e Corinthians são brabas e fiéis? Apresento a torcida do Fenerbahçe, time turco que disputa a Liga dos Campeões. Eles fazem o estádio tremer, literalmente.




É de arrepiar!

Agora é a vez das meninas

O Mundial Feminino da China começa amanhã para o Brasil. As brasileiras entram em campo contra a seleção da Nova Zelândia, às 6h, horário de Brasília. Além das neozelandesas, China e Dinamarca completam a trinca de adversários das nossas meninas, que estão no grupo D.

Marta (foto), eleita duas vezes seguidas a melhor jogadora do mundo, é o destaque do selecionado brasileiro, que vem embalado pela conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro. A melhor colocação do Brasil em Copas do Mundo foi um terceiro lugar em 1999, nos Estados Unidos. Nas Olímpiadas de Atenas, em 2004, a seleção, então comandada por Renê Simões, ficou com a prata.

Ontem, Alemanha e Argentina fizeram a abertura da Copa e as hermanas não fizeram nem sombra para as alemãs. No placar, nada mais nada menos que 11 a 0. Ainda pelo grupo A, Japão e Inglaterra empataram em 2 a 2, hoje pela manhã. No grupo B, outros dois empates. Os EUA, favoritos ao título, ficaram no 2 a 2 com a Coréia do Norte e a Nigéria segurou o 1 a 1 com a Suécia.

Veja os grupos da Copa do Mundo - China 2007:

Grupo A
Alemanha
Argentina
Inglaterra
Japão

Grupo B
Estados Unidos
Coréia do Norte
Suécia
Nigéria

Grupo C
Gana
Austrália
Canadá
Noruega

Grupo D
Brasil
Nova Zelândia
China
Dinamarca

Problema animal para Caio Junior

Por essa o torcedor do Palmeiras não esperava. Edmundo (foto) vai ficar fora do time por três semanas. O motivo é uma lesão rara nos músculos Sóleo e Poplíteo, que ficam na parte de trás do joelho.

O Animal levou uma pancada do ex-palmeirense Leonardo, na vitória por 2 a 0 contra o Goiás no último domingo. Ontem, o craque passou por uma ressonância magnética que constatou a gravidade da contusão. Problema para o técnico Caio Junior, que ainda vai decidir quem entra no lugar do atacante.

Por outro lado, o Verdão terá a volta do "mago" Valdívia, que ficou afastado dos jogos contra Cruzeiro e Goiás. Com uma semana para se recuperar, o camisa 10 deve jogar contra o Atlético/PR, domingo, na Arena da Baixada.

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Meia Roger é afastado do time do Flamengo

A derrota do Flamengo para o Internacional no último sábado já começa a fazer vítimas no time carioca. Após reunião entre o elenco, o técnico Joel Santana e o vice-presidente Kléber Leite, o meia Roger foi afastado da equipe rubro-negra.

O jogador está fora do jogo contra o Cruzeiro neste meio de semana e fará treinamento especial para voltar a jogar diante do Vasco da Gama, no clássico do próximo final de semana.

Segundo informações da Gávea, Roger apoiou a decisão da comissão técnica e tentará readquirir a forma para voltar à equipe rapidamente. Por ter chegado no meio da competição, disse que não teve tempo de preparar-se da forma correta.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o meia é afastado de um grande time. No Corinthians, Roger teve que treinar separado do elenco por diversas vezes. Ganhou apelido de "chinelinho" e deixou o clube paulista. No Flamengo, ainda não marcou nenhum gol.

Ronaldinho comanda vitória da Seleção nos EUA

De volta ao time titular e com a camisa 10, Ronaldinho (foto) ditou o ritmo e, com duas assistências e um gol, foi o destaque da vitória do Brasil sobre os EUA por 4 a 2, ontem, na cidade de Chicago.

No entanto, foram os americanos que abriram o placar. Aos 20 minutos do primeiro tempo, Donovan cobrou o escanteio da esquerda e a bola passou por toda a defesa brasileira antes do zagueiro Bocanegra completar de cabeça para o fundo do gol do goleiro Doni: 1 a0 para os donos da casa.

A Seleção não se abateu e logo foi para cima dos EUA. Aos 32 minutos de jogo, Robinho roubou a bola no meio campo e tocou para Ronaldinho. O craque do Barcelona viu Kaká livre e deu um passe açucarado. Kaká chutou, Howard defendeu, mas a bola rebateu no zagueirão Onyewu e foi morrer nas redes ianques. Jogo empatado: 1 a 1.

Já no segundo tempo, logo aos 8 minutos, o Brasil virou o placar. Ronaldinho cobrou escanteio da esquerda e Lúcio, no segundo pau, cabeceou violentamente para desespero do goleiro Howard: 2 a 1 para o Brasil.

O segundo gol fez os brasileiros diminuírem o ritmo. Isso facilitou para que a equipe norte-americana chegasse ao empate. Aos 27 minutos, Beasley chegou em velocidade pela ponta direita e cruzou para Dempsey, sozinho, bater cruzado e igualar o placar: 2 a 2.

Não deu nem tempo dos gringos comemorarem. Aos 30 minutos, Daniel Alves sofreu falta na entrada da área. Ronaldinho ajeitou a bola, deu os seus três passos característicos e bateu no canto do goleiro para colocar a Seleção em vantagem novamente: 3 a 2.

Sem forças para responder, os americanos ainda viram o quarto gol brasileiro. Julio Batista tinha acabado de entrar e sofreu pênalti. Na cobrança, Elano colocou no canto direito de Howard, que foi para o outro lado: 4 a 2 para o Brasil e a primeira vitória por mais de um gol de diferença sobre os EUA. Essa foi a 14ª vez que os dois times se enfrentaram e o Brasil ganhou 13 delas.

Na próxima quarta-feira às 21h30, o Brasil volta a campo, agora em Boston, para enfrentar o México. Será o último amistoso da Seleção antes da estreia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. O primeiro jogo dos brasileiros acontece no dia 14 de outubro, fora de casa, contra a Colômbia.

domingo, 9 de setembro de 2007

'Brilhante', Palmeiras volta ao G4

O futebol foi até que bom, e o Palmeiras não enfrentou grandes dificuldades contra o Goiás. Mas o destaque da partida ficou para a estréia da terceira camisa do Verdão, em tom fluorescente. Voltando ao jogo, com gols de Francis, irregular já que Edmundo (foto), impedido, atrapalhou o guarda-metas esmeraldino Harlei, e de Caio após grande jogada do Animal, o alvi-verde paulista chegou aos 40 pontos e ocupa a quarta posição na tabela.

Ofensivo desde o início, o time de Caio Jr. queria resolver a parada cedo. Mas após gols perdidos e defesas de Harlei, o time não se deseperou e aos 31 do primeiro tempo, Francis, surpresa do treinador, anotou o primeiro. Mesmo com o gol, o Goiás pouco perigo ofereceu. No segundo tempo, a partida continuou na mesma levada. Aos 6 minutos, Diego Cavaliere dá lançamento longo para Edmundo, que mesmo aos 35 anos, relembrou suas arrancadas de jovem, ganhou limpamente a bola do zagueiro e cruzou para Caio fechar o placar.

O time que saiu do G4 para o Verdão entrar, foi o Botafogo, que até começou bem, mas sucumbiu a uma noite inspiradíssima do uruguaio Acosta, que com seus 4 gols, definiu a vitória a favor do Náutico. Os cariocas mais uma vez vão reclamar da arbitragem, que deu dois pênaltis pra lá de duvidosos pro Timbu e ainda expulsou, com razão, o atacante Jorge Henrique do Fogão.

Em Curitiba, o Paraná se recuperou da derrota em casa para o Náutico e bateu o Corinthians por 1 a 0, com gol do artilheiro Josiel de pênalti. O Timão, que vinha de 2 vitórias consecutivas, não mostrou o futebol que vinha apresentando e teve sua reação freada.

No Maracanã, com 2 gols de Somália, que não marcava desde julho, o Fluminense bateu o "estou-me-esforçando-para-cair" Atlético-PR, por 2 a 0. O tricolor das Laranjeiras dominou a maioria das ações ofensivas e não deu chances para os paranaenses, que precisam abrir o olho, ainda não estão na zona do rebaixamento, mas estão bem perto.

No suuuper clássico da noite, o já-rebaixado-com-certeza América-RN conseguiu marcar um ponto! *fogos* E empatou com o Sport por 1 a 1. Os pernambucanos perderam pontos importantes e vou falar isso de qualquer clube que não vencer o América seja em casa ou fora.

sábado, 8 de setembro de 2007

Ninguém segura o líder

O São Paulo sofreu, mas suportou a pressão do Vasco da Gama em São Januário e venceu importante confronto no Brasileirão. A vitória por 2x0, com golaços de Dagoberto e Hernanes, fez com que o Tricolor abrisse ainda mais vantagem na liderança do torneio, chegando aos 54 pontos.

A pressão vascaína começou antes mesmo do início da partida. O ônibus do São Paulo foi apedrejado e o elenco tricolor sofreu para conseguir chegar à São Januário. Em campo, o Vasco dominou todo o primeiro tempo, mandando duas bolas na trave. Mas não conseguiu vazar a melhor defesa do torneio.

No segundo tempo, o São Paulo voltou melhor e equilibrou a partida. Sem sofrer mais perigos, o time contou com a habilidade de Dagoberto para abrir o placar. Segurando o resultado com mais uma ótima exibição de Miranda, Breno e Richarlyson, o São Paulo fechou o placar com um belo gol de Hernanes, entortando o argentino Dudar e batendo prensado de fora da área.

Já são 13 jogos invicto e 9 partidas sem tomar nenhum gol. Os 7 gols sofridos em 25 jogos representam uma média de 0,28 gol sofrido por jogo. Essa média é a melhor de toda a história do Campeonato Brasileiro. E, no mundo todo, nenhum outro time foi menos vazado que o São Paulo no último ano.

Os números são de impressionar e, dificilmente, algum outro time conseguirá alcançar o Tricolor na ponta do Brasileirão. Se mantiver a média defensiva e a força ofensiva, o São Paulo deve conquistar sem maiores problemas o pentacampeonato da competição. E com justiça!

Outros jogos...

Nos outros jogos deste sábado, o Internacional goleou sem dificuldades o Flamengo, por 3x0. O Figueirense afastou um pouco a crise ao vencer o Atlético-MG por 2x1.

Raposa bate Grêmio e ainda sonha

Jogando no Mineirão, o Cruzeiro venceu o tricolor gaúcho por 2 a 0, com dois gols do boliviano Marcelo Moreno (foto). Além de manter o sonho de alcançar o líder, o time da Toca da Raposa pôs fim a sequência de vitórias do Grêmio.

No outro jogo das 18h, o Santos penou, mas bateu o Juventude na Vila Belmiro, por 1 a 0. O time gaúcho reclama que foi prejudicado pela arbitragem. No lance do gol de Renatinho, o atacante teria feito falta no zagueiro, não marcada pelo árbitro Wagner dos Santos Rosa(RJ). O Peixe somou mais 3 pontos e garante a terceira colocação até o fim da rodada.

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Dodô perde gols e Bota empata com Palmeiras

No jogo mais esperado da rodada, Botafogo e Palmeiras ficaram no empate em 1x1 na partida de ontem, realizada no Maracanã. Com o resultado, o Fogão chega aos 39 pontos, na 5ª posição e o Verdão ficou nos 37 pontos, na 7ª posição.

O jogo começou com o Botafogo atacando e o Palmeiras não conseguia atacar. Dodô mandou uma bola na trave, mas foi só. O time carioca não acertava mais as jogadas e, aproveitando um erro adversário, o Palmeiras marcou em um belo contra-ataque, brilhantemente concluído por Edmundo, por cima de Max. Palmeiras 1x0.

Após vaias no intervalo, o Botafogo voltou com gás para empatar. Mas aí surgiu um problema não muito comum para o time carioca: os gols perdidos por Dodô. O artilheiro do Fogão perdeu dois gols feitos, evitando o empate. Em um, dentro da pequena área, chutou por cima. No outro, driblou Diego Cavalieri e chutou ao lado do gol.

Mas de tanto tentar, o Botafogo empatou. Em jogada pela lateral, a bola cruzou a área e o volante Leandro Guerreiro bateu de fora da área para empatar o jogo e dar números finais. Um empate ruim para as duas equipes.

Em Recife, o Fluminense surpreendeu e bateu o Sport por 2x0. Jogando em casa, o Paraná perdeu para o Náutico por 4x2 e se complicou no Brasileirão.

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Esse é menino vai dar o que falar!

A tão esperada estréia de Alexandre Pato com a camisa do Milan aconteceu agora a tarde, na Ucrânia, no empate em 2 a 2 com o Dínamo de Kiev. O ex-jogador do Internacional marcou o primeiro gol milanês quando o placar marcava 2 a 0 para os donos da casa.

O gol do brasileiro foi de cabeça, desviando um cruzamento do lateral Bonera. O segundo gol do time rossonero foi marcado pelo atacante Alberto Gilardino.

Apesar da boa estréia, Pato só será utilizado no ano que vem. Isso porque o Milan tem como norma interna não escalar em sua equipe profissional nenhum atleta menor de idade.

Alexandre Pato completou 18 anos nos últimos dias, mas tinha só 17 na época que as inscrições para o Campeonato Italiano e para a Copa dos Campeões foram feitas.

Esse é fera! Vai brilhar na Velha Bota!

Rogério salva no fim e São Paulo segura empate

No jogo mais faltoso do campeonato, Atlético Mineiro e São Paulo não saíram do 0x0 no jogo de ontem, no Mineirão. Rogério Ceni, destaque tricolor, defendeu um pênalti aos 45 minutos do segundo tempo, garantindo o 8º jogo consecutivo do time paulista sem sofrer gols.

Mesmo sem vencer, o São Paulo ampliou a vantagem na liderança do Brasileirão, graças a derrota do Cruzeiro para o Juventude, em Caxias do Sul. Agora o Tricolor está 9 pontos à frente do time mineiro.

O jogo foi faltoso e prejudicado ainda mais pelo árbitro Paulo de Godoy Bezerra, que apitava falta em qualquer contato físico. Os dois times reclamaram da arbitragem. O Galo queria a expulsão do zagueiro Breno em falta feia e do adiamento de Rogério na defesa do pênalti (que realmente aconteceu). Já o São Paulo pediu pênalti após uma solada do goleiro atleticano, que acertou o peito de Jorge Wágner. No final das contas, o empate foi justo.

Nos demais jogos, o Cruzeiro perdeu a chance de diminuir a vantagem do São Paulo, já que foi derrotado em Caxias do Sul pelo Juventude. O Vasco, terceiro colocado, perdeu para o Grêmio por 3x1, no Olímpico.

O Santos recuperou-se da derrota do final de semana e bateu o Internacional por 2x1, de virada. O Goiás foi surpreendido pelo Atlético-PR no Serra Dourada e perdeu por 3x2.

Na parte de baixo da tabela, o Corinthians afastou-se definitivamente da zona de rebaixamento ao vencer o lanterna América-RN. O Flamengo também saiu da zona de perigo, ao golear o Figueirense por 4x1.

Hoje se enfrentam Sport x Fluminense, Paraná x Náutico e o confronto mais aguardado da noite: Botafogo x Palmeiras, que brigam por uma vaga na Libertadores.