terça-feira, 25 de março de 2008

Cotovelada rende apenas três jogos à Kléber

O atacante Kléber, do Palmeiras, foi punido com apenas três jogos pela cotovelada no zagueiro André Dias, do São Paulo, no clássico vencido pelo Verdão há duas semanas.

A boa defesa feita pelo advogado do Palmeiras conseguiu descaracterizar a acusação de agressão. O lance, então, foi tratado como ato hostil, rendendo a pena de três jogos para Kléber, que ficará de fora da reta final da fase de classificação do Paulistão, mas volta nas semi-finais.

A decisão do Tribunal, extremamente leve, foge da lógica e da violência da jogada. Kléber, que é um excelente atacante desde os tempos em que deixou o São Paulo por um preço muito abaixo do esperado, teve sim a intenção de agredir o adversário.

A punição, porém, não causa estranheza, já que o Tribunal paulista não costuma aplicar penas muito severas, ao contrário do que acontece no STJD, em lances do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras ainda reclamou da pena, considerando injusta. O São Paulo, através do seu vice de futebol, Leco, usou da ironia para comentar. “Achei exagerado. O Kléber deveria ser absolvido e o André Dias suspenso”, disse o dirigente.

Agora a diretoria alviverde se mexe para conseguir uma punição a Jorge Wágner, por uma joelhada no chileno Valdivia. E assim segue a guerra de bastidores!

4 comentários:

Bruno Diniz disse...

Abri o blog já sabendo que o João ia ter postado sobre a cotovelada! hahahahaha

Pena injusta! Ele não fez nada! Jogada casual!!! hahahaha

Enfim o futebol voltou a ser futebol! Não quer contato? Joga vôlei!!!

João de Andrade Neto disse...

Tsc tsc...

Abriu o precedente... agora aguenta!

leandro disse...

Eu vi uma entrevista do Muricy em que ele disse "No meu tempo esse time de lance era resolvido no decorrer da partida e nao se arrastada durante dias"

Em outras palavras ele quis dizer que hoje o futebol esta cheio de "menininhas"

João de Andrade Neto disse...

Ele disse porque sabe que se falar qualquer coisa vai ser punido.

Porque dar cotovelada pode... o que não pode é contestar a autoridade!

Particularmente, acho que jogadas deste tipo, feitas na maldade e para machucar (seja como forma de revide ou não) devem ter punições exemplares.

Se vc pune o Kléber agora (decentemente), inibe outras formas de agressões no futuro. Senão vai continuar assim, os "espertos" agredindo na surdina e impunes!

Até que vai chegar o dia em que entradas como a do Taylor no Eduardo da Silva, do Arsenal, vão passar a ser normais. Ou melhor, já são, porque o zagueiro pegou três jogos de suspensão. O Eduardo ficará fora dos gramados por mais ou menos um ano!