terça-feira, 11 de maio de 2010

Coerência? Só com ele mesmo!

A tão esperada lista de convocados para a Seleção brasileira que disputará a Copa do Mundo de 2010 veio sem grandes surpresas. A maior novidade foi o atacante Grafite, que ficou com a vaga de Adriano. Nas demais posições, tudo o que já era imaginado. E sem a presença dos jogadores aclamados pelo público: Ronaldinho Gaúcho, Ganso e Neymar.

A palavra para justificar a lista de Dunga (foto) foi coerência. E isso ninguém pode contestar. Chamou os jogadores que estiveram em suas convocações, que trabalharam com o treinador nos quatro anos de preparação. A expectativa era por algumas novidades, mas Dunga bancou os nomes que sempre estiveram ao seu lado.

A coerência, porém, passou longe de ser com o futebol brasileiro. O clamor popular era grande pela convocação de jogadores como Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho, Ganso e Neymar. Aclamados com toda razão, diga-se de passagem. Os meninos da Vila encantaram o país com as atuações pelo Santos. A presença de ao menos um deles era esperada. Provavelmente o meia Ganso.

A injustiça, para mim, mora aí. Ganso surgiu ao lado do badalado Neymar. Mas ganhou destaque com assistências perfeitas, passes inesperados, uma grande inteligência para jogar futebol. É um craque de verdade! Fará falta à Seleção, ao menos como uma opção no banco.

Não consigo acreditar na convocação de Doni, reserva na Roma, e a ausência de Victor, do Grêmio, que vem fechando o gol. Felipe Melo, Gilberto Silva e Kleberson também não estariam presentes em minha lista, assim como o limitado Júlio Baptista, também reserva na Itália.

Uma lista coerente com os princípios de Dunga, mas que passa longe de agradar em cheio ao povo brasileiro. Agora basta apoiar e torcer para que as escolhas do treinador justifiquem a lealdade do comandante!

Goleiros

Júlio César: melhor goleiro do mundo na atualidade defendendo a Inter de Milão (ITA). Inquestionável!
Levaria?: sim, sem dúvidas!

Gomes: ótima temporada pelo Tottenham (ING), que vai à Champions League no ano que vem.
Levaria?: sim, é um bom suplente.

Doni: reserva de outro brasileiro (Júlio Sérgio, ex-Santos) na Roma. Não atuou na temporada e, mesmo assim, segue com vaga garantida.
Levaria?: não, sem chance. Iria de Victor, que anda fechando o gol gremista no Brasil.

Laterais

Maicon: está jogando muito na Inter de Milão (ITA) e é o melhor lateral-direito em atividade.
Levaria?: sim, sem dúvidas!

Daniel Alves: infelizmente reserva de Maicon, mas també está jogando muito no Barcelona (ESP). Deve conseguir uma vaga entre os volantes brucutus durante o torneio.
Levaria?: sim, sem dúvidas!

Gilberto: joga como meia no Cruzeiro, tem uma idade avançada e não tem se destacado a ponto de ser convocado.
Levaria?: não, temos opções muito melhores. Eu levaria Roberto Carlos, do Corinthians, como titular.

Michel Bastos: bom jogador. Surgiu como lateral, mas está jogando quase como ponta direita no Lyon (FRA). Ou seja, do outro lado do campo.
Levaria?: não. Levaria o Marcelo, do Real Madrid (ESP), que voltou a jogar bem.

Zagueiros

Lúcio: um monstro na Inter de Milão (ITA) e capitão da Era Dunga. Com justiça!
Levaria?: sim, sem dúvidas!

Juan: bom zagueiro, sempre constante na Roma (ITA), mas sempre atrapalhado por lesões.
Levaria?: sim, dependendo da constância de atuações e lesões.

Luisão: é bom jogador no Benfica (POR), representou quando foi convocado, mas acho que temos melhor opções.
Levaria?: não. Eu levaria o Miranda, do São Paulo, que é um excelente zagueiro.

Thiago Silva: bela temporada no Milan (ITA), conquistando os críticos italianos.
Levaria?: sim, belo jogador, com potencial para ser titular.

Meio-campo

Felipe Melo: péssima temporada pela Juventus (ITA). Ganhou o prêmio de pior contratação na Itália. Mas é fiel ao estilo Dunga e conseguiu a vaga.
Levaria?: não, jamais. Jogador limitadíssimo e violento. Eu apostaria até no Pierre, do Palmeiras, bom marcador.

Gilberto Silva: praticamente esquecido no Panathinaikos (GRE), faz o arroz com feijão. Muito mal feito, diga-se de passagem.
Levaria?: não, não tem mais bola pra Seleção. Eu levaria o Hernanes, do São Paulo, que tem muita qualidade técnica.

Josué: mais um dos intermináveis volantes da lista. Bom na marcação no Wolsburg (ALE), mas nada demais.
Levaria?: poderia até ser um reserva, mas acho que temos opções mais válidas, como Lucas, do Liverpool (ING) ou até o Christian (ex-Corinthians), hoje no Fenerbahce (TUR).

Ramires: surgiu bem no Cruzeiro e foi bem no Benfica (POR). Só acho que pode jogar um pouco mais recuado, já que não é um meia de criação.
Levaria?: sim, mas como volante, não como meia.

Elano: bom jogador, mas de reserva na Inglaterra foi jogar no Galatasaray (TUR), onde está bem esquecido. Mesmo exemplo do Ramires, poderia até ir, mas jogando como volante.
Levaria?: poderia até ir. Mas eu levaria um jogador mais ofensivo, talvez o Alex, do Fenerbahce (TUR).

Kleberson: soa praticamente como uma piada. Reserva no Flamengo, com vaga na Seleção. Coisas que não dá para entender.
Levaria?: não, jamais. Levaria um meia que pudesse decidir jogos, mudar o estilo de jogo da Seleção. Levaria um craque, chamado Paulo Henrique, de apelido Ganso, do Santos.

Kaká: apesar da lesão, é titular do Real Madrid e jamais poderia ficar de fora da Copa.
Levaria?: sim, sem dúvidas!

Júlio Baptista: reserva na Roma (ITA), ainda agradece a Deus pela Copa América, onde fez um golaço na final contra a Argentina. Isso o garantiu na Copa.
Levaria?: não, jamais. Jogador bem limitado. Chamaria o Ronaldinho Gaúcho, que recuperou o bom futebol e, mesmo não sendo mais o melhor do mundo, pode desequilibrar.

Atacantes

Luís Fabiano: fabuloso goleador do Sevilla (ESP), que conquistou a camisa 9 da Seleção e não largou mais.
Levaria?: sim, sem dúvidas!

Robinho: voltou ao Santos e deu sorte de cair num time pronto, repleto de bons jogadores. Voltou a jogar bem. Além disso, é o jogador de confiança de Dunga.
Levaria?: sim, sem dúvidas!

Nilmar: bom jogador, faz seus gols pelo Villarreal (ESP), mas acho que não tenha o apelo exigido para ser atacante da Seleção.
Levaria?: poderia até ser uma opção, mas eu levaria outro. Acho que Alexandre Pato, do Milan (ITA), é mais jogador. E com muito futuro.

Grafite: contestado na época de São Paulo, evoluiu muito na Europa. Fez duas ótimas temporadas pelo Wolsburg (ALE), mas por favor, nada que o credencie a jogar uma Copa do Mundo pelo Brasil.
Levaria?: não, jamais. Adriano, do Flamengo, com todos os seus problemas pessoais, é muito mais decisivo, mais importante e mais jogador!

4 comentários:

Mario Clements disse...

Não tem o que comentar.

O único comentário é que a análise foi bem feita.

Para não falar nenhuma besteira, vou torcer para Argentina e ponto.

Marcão disse...

Sério que você levaria o Adriano ao invés do Grafite?
Discordo.
O cara comendo a bola na Bundesliga há um tempo, poderia estar melhor entrosado no grupo se o próprio Dunga o tivesse convocado antes.

João de Andrade Neto disse...

O Adriano realmente não merecia estar no grupo, mas por motivos extra-campo!

O que eu quis dizer é que o Adriano é um jogador com cara de Seleção. O Grafite, por sua vez, não tem nenhum pouco essa imagem.

Não consigo imaginar o Grafite jogando uma Copa do Mundo, dando uma clasificação para o Brasil!

A questão é a falta de pinta de jogador decisivo. Eu levaria Alexandre Pato, Adriano, Kleber (Cruzeiro), Diego Tardelli... enfim, jogadores não faltam!

Obede Jr. disse...

Recuso-me a torcer por uma "seleção" tão sem graça e tão fora de nossas tradições.

Não levaria (no lugar): Doni (Marcos ou Fábio), Gomes (Victor), Gilberto (André Santos), Gilberto Silva (um cone, mas Pierre caiu, ia de Lucas ou Willians do Fla), Felipe Melo (meu cu joga melhor que ele, ia de Hernanes), Julio Baptista (Ganso), Elano (Alex), Grafite (não que seja ruim, mas Kléber ou Tardelli merecem mais!).
Daria um jeito de levar o Neymar tbm..

Mas, bamos Argentiiina! ahha