segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Não é mole não, SÓ o Corinthians na Segunda Divisão!!!

O dia 2 de dezembro de 2007 ficará para sempre marcado na história do Corinthians. Depois de dois anos de mandos e desmandos da MSI e de 13 anos de títulos encobrindo as falcatruas do presidente Alberto Dualib, o “Todo Poderoso” Corinthians, de mais de 30 milhões de torcedores, caiu para a Segunda Divisão do Brasileirão.

A partida da morte foi no estádio Olímpico contra o Grêmio, que depois de esperar durante 15 minutos pela entrada do time do Parque São Jorge, abriu o placar logo a um minuto de jogo, com Jonas, de cabeça.

Uma ducha de água fria para a equipe de Nelsinho Batista, que só dependia de suas forças para permanecer na elite do Brasileirão. No entanto, mesmo precisando da vitória, o treinador escalou o Timão com três zagueiros e quatro volantes, entre eles o ex-jogador em atividade Vampeta, que se arrastou em campo.

Enquanto isso, lá no Serra Dourada, o Internacional abria o placar contra o Goiás. Festa entre os alvinegros, que assim, se mantinham na Série A.

Minutos depois, a torcida gremista explodiu em alegria com o gol de empate do Goiás. Mas, ao mesmo tempo, Clodoaldo empatou para o Timão no Olímpico. Alívio para os corintianos.

Começa o segundo tempo e o Grêmio parece desisteressado do jogo. Pudera, o Cruzeiro, adversário na briga por uma vaga na Libertadores, vencia o fraco América-RN por 2 a 0.

O Corinthians tentava pressionar, mas as limitações técnicas do elenco são evidentes. No Serra Dourada, pênalti para o Goiás. O desespero fica estampado no rosto da fiel torcida.

Paulo Baier, maior ídolo da história do clube esmeraldino, que já havia perdido uma penalidade na decisão contra o Corinthians, chuta, Clemer se adianta uns três passos e defende. O bandeirinha anula a cobrança.

Ele vai pra bola mais uma vez, bate, Clemer anda novamente e espalma. O bandeirinha manda voltar mais uma vez. O camisa dez não acredita no que está acontecendo. Vai às lágrimas e se recusa a chutar a terceira cobrança. Élson pega a bola, chuta e converte.

No Olímpico, o gol dos goianos abala mais ainda a equipe do Corinthians, que vai ao desespero. Em dois escanteios, o goleiro Felipe vai para a área. Em um deles, o Grêmio pega o rebote e Héverton mata a jogada. O juiz mostra o cartão vermelho.

Com 10 homens em campo, as chances do alvinegro ficam limitadíssimas. O juiz apita o fim do jogo no Serra Dourada e as lágrimas já escorrem pelos rostos corintianos. Quando Alicio Pena Jr. pede a bola, o mundo desaba para toda aquela nação e a vergonha dos jogadores fica evidente.

Em 2008, o Corinthians representará a capital paulista na Série B. E muita coisa terá que mudar se o time quiser subir.

5 comentários:

Obede Jr. disse...

Excelentes categorias! hahaha

Bom, tirando o sarro de lado, tá, ainda não!

Chuuupa gambá!! Hoje é segunda!! ahahah


Bom.. vamos lá..

O Corinthians está caindo desde muito tempo.. ontem foi soh o enterro final.. Digo, assim esperamos.. pq a Série B não é nada fácil e não subir será como ser rebaixado de novo.. não sei não hein..

O domingo poderia ter sido excelente! Não fosse a zica e incompetência do Palmeiras tsc tsc..

Mas tudo bem!!
Ano que vem tamo de novo.. nós na série A e os gambá na série B! ahaha

João de Andrade disse...

Pense em momentos inesquecíveis. Agora adicione o Betão saindo com a camisa no rosto, como se tivesse cometido um crime!

Pois é, essa foi a felicidade dos torcedores rivais do Corinthians.

Foi justo, merecido e lógico! O Corinthians tem um time péssimo, sem qualidade nenhuma. Soma-se a isso as crises internas, trocas de presidentes e parcerias nebulosas.

O resultado final está aí. Vão disputar a Segunda Divisão. Se a justiça não pune, a bola pune. E ela é cruel. Justamente precisando de uma ajudinha do Inter...

E o Felipe ainda vem criticar o Inter, supondo que haviam entregado. Esqueceu de falar que ele foi o primeiro a dizer que se ganhasse do Vasco, entregaria pro Grêmio atrapalhar o Palmeiras!

Enfim, a justiça acontece e no ano que vem terão que comer muita grama para voltar a Série A. Porque todos que enfrentarem o Corinthians farão os jogos de suas vidas!

Descanse em paz, Timão! hahaha

Bruno Diniz disse...

Uma tragédia anunciada. Aqui se faz, aqui se paga! Deus escreve certo por linhas tortas...

Todos esses "lugares comuns" cabem direitinho nessa situação.

O Corinthians faz por merecer a "classificação" pra Série B. Agora vai ter q lutar muito, pq a segundona não é fácil não.

Aos amigos João e Obede, no fim de 2006 conversamos muito sobre o ano de fezes que tinha passado e dissemos que 2007 prometia.

Acho que não podemos reclamar de nada. Foi um ano sensacional, que foi coroado com esse maravilhoso rebaixamento gambá!

Agora eu quero ver gritar que segunda divisão é coisa de Palmeiras! hahahahaha

E outro. Estou preocupado com o jogo contra o ragantino! Quem o Corinthians vai escalar? Pq o Braga fez cláusula que o CUrintia não poderá usar os contratados no confronto. Ou seja, escala o sub 20!!!

Jean Minganti disse...

HAhahahahahha...

Só tenho a concordar com todos os comentários...
E já que deixamos a imparcialidade de lado....

CHUPA CORINTHIANS!!!!!

E sem comentários para o Palmeiras, que não tinha nenhum missão impossível. Era só vencer o modesto Altético MG com 27 mil pessoas em casa...mas não...tem que perder...

e Chupa Curinthia!!!!

Camis disse...

Belo post. E belos comentários, concordo com todos eles (tirando a parte das lamentações palmeirenses, hehe).
O legal é que o Bruno escreve e comenta o próprio post, sem se repetir! Porque foi imparcial no post. Parabéns!

Beijos!