quinta-feira, 8 de novembro de 2007

'El Mago' Valdívia está fora do Brasileirão

O chileno Valdívia, do Palmeiras, foi suspenso por cinco jogos e está fora do Campeonato Brasileiro. O meia foi expulso na partida contra o Vasco, após agredir com um soco o atacante Alan Kardec. Antes, ele já havia atingido o volante Thiaguinho.

A punição pode ser considerada leve, já que a expectativa era que Valdívia fosse suspenso por, no mínimo, 120 dias. O advogado do Palmeiras, porém, conseguiu descaracterizar o julgamento por agressão, passando a ser a tratar a expulsão do jogador como ato hostil.

Como já cumpriu um jogo, o chileno ficará de fora de mais quatro partidas. Sendo assim, ele desfalca o Palmeiras nas partidas finais do campeonato.

A ausência de Valdívia deverá ser muito sentida pela equipe palmeirense. O jogador foi fundamental durante todo o Brasileirão, criando as jogadas ofensivas do time. Com o bom futebol, despertou o interesse do futebol europeu e pode ter se despedido do Verdão, já que há a possibilidade de uma negociação com o Velho Continente.

Estranho mesmo foi ver uma punição tão leve para o chileno. Em casos semelhantes de agressão, como do volante Túlio, do Botafogo, e do atacante Obina, do Flamengo, as suspensões foram pesadas e os atletas ficaram afastados dos gramados por 120 dias.

Valdívia não fez nada menos ofensivo, já que agrediu dois adversários. Apesar de reclamar muito das fortes marcações adversárias durante as partidas ao longo de todo o Brasileirão, nada justifica o revide e a agressão.

Mesmo com a punição leve, o Palmeiras promete entrar com um recurso para diminuir a suspensão de Valdívia e poder contar com o jogador nas partidas decisivas, que podem dar ao Verdão uma vaga na Taça Libertadores.

3 comentários:

Bruno Diniz disse...

Os casos do Tulio e do Obina não foram semelhantes.

A pena do Valdívia foi mais leve porque foi caracterizada como revide. Apanhou covardemente durante o jogo todo e se irritou.

Em vez de jogar a bola no chão e ser expulso, deu logo um sopapo no vascaíno! hahahahah

Vê se aprende a ser expulso, João!

João de Andrade disse...

Pra mim, a agressão foi a mesma... e desleal, pelas costas. Ele tomou uma falta normal, foi puxado e deu um soco.

Mas de qlq forma vai ficar de fora do final do Brasileiro e fará mta falta! A vaga agora é uma dúvida!

Obede Jr. disse...

Não é a mesma.. o jogador não tem sangue de barata.. apanhou o jogo inteiro e uma hora revidou..

pior é cuspir na cara sem motivo algum ou fingir que foi atingido por uma pilha.. igual certos jogadores mau-caraters..

abraz!