terça-feira, 21 de agosto de 2007

Dunga completa um ano na seleção

Nesta quarta feira, às 13h30 (horário de Brasília), o Brasil enfrenta a Argélia pelo seu primeiro amistoso após a conquista da Copa América. O grupo se reuniu ontem à noite em Montpellier, onde faz um treino hoje às 12h sob o comando de Dunga e Jorginho.


O técnico completa um ano no cargo da seleção. Na sua contextada e primeira experiência como treinador, ele possui 11 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. E seu próximo desafio é classificar a seleção para a Copa da África de 2010.

Há quem acredite que seja um absurdo o fato de um ex-jogador sem nenhuma experiência assumir a seleção brasileira em sua primeira oportunidade como técnico. Confesso que sou um destes ao pensar que temos Vanderlei Luxemburgo, que já mais do que provou seu talento com a profissão. Penso também se o Dunga não é somente uma jogada de marketing. O capitão e campeão do mundo de 94 comandar a seleção, muito original. Fato que se torna mais discutível ainda, quando vemos a convocação de atletas que nunca vimos se destacar em suas posições e logo depois são vendidos para um clube de maior expressão. Vale destacar que em alguns países, como a Inglaterra, cobram um mínimo de jogos pela seleção para que um altleta estrangeiro seja transferido para um de seus clubes.

Discussões a parte, temos que convir que a seleção não está mostrando aquele futebol arte que todos esperam, mas conquistaram a Copa América e tudo leva a crêr que se classificam para a próxima Copa. E outra, quem está jogando bonito hoje em dia ? Porém, em 2010 devemos nos preocupar novamente se formos para a África com o mesmo treinador.

4 comentários:

Obede Jr. disse...

Eu acho o Dunga uma marionete..
A seleção não é mais a mesma, e não tem mais graça torcer pra ela.. É só jogo de interesses e não são os 22 melhores que são chamados mais..
Eu sinceramente não torço mais para jogadores do meu time irem para seleção, que é vendida.. Uma pena!
Abraço!

João de Andrade disse...

É o futebol de resultados! E deu resultado contra o futebol de espetáculo da Argentina.
As vezes uma derrota vale muito mais que uma vitória. Talvez a Copa América teria sido um exemplo... se perdêssemos, teríamos visto que faz falta jogar um futebol bonito, com a cara do Brasil.
Arrisco-me, aliás, a dizer que o futebol atual é feio assim, brigado, marcado, truncado, por causa da triste derrota da Seleção Brasileira de 82...
Mas esse é o futebol... não adianta mais reclamar!

Bruno Diniz disse...

O futebol de hoje é esse mesmo, de resultados. Não acho que isso seja em decorência da derrota em 82, pq a seleção que foi pra copa de 2006 também dava espetáculos e chegou lá e não fez nada e perdeu a Copa.
A Argentina, como dizem, tem uma fábrica de "camisas 10" (Ortega, Riquelme, Verón, Gallardo, Messi e, por último, Sérgio Aguero), mas não ganha nada desde 93.
Quando o Dunga foi escolhido, apoiei e concordei com a renovação. Mas ver Fernandos, Afonsos, Heltons e Donis no time não dá. Chega de só convocar jogadores que atuem em qualquer buraco na Europa. Vamos valorizar o campeonato nacional!

Suely disse...

Meninos, na boa:
Técnicuzinhos da seleção Brasileira são todos a mesma coisa.
Tipo o Severino Cavalcanti na Câmara, lembram?
Então, indiferente de quem estiver no comando da SBF tem que fazer os meninos jogarem bem, ganharem os jogos.
É só isso.
E é claro, se perderem o jogo, a culpa é do técnico...ou do juíz, não é mesmo?