terça-feira, 9 de outubro de 2007

Futebol com dois árbitros a mais

Em dezembro deste ano o futebol terá uma novidade, especificamente no Mundial de Clubes do Japão. A Fifa decidiu que fará uma experiência, inicialmente na competição, ao colocar dois árbitros a mais em campo. Um em cada área. Exatamente! Mais dois árbitros.

A Fifa confirmou a idéia nesta terça-feira através do novo Comitê de Estratégia da entidade. Que foi também defendida pela Uefa, de Michel Platini.

A função dos árbitros ainda não está definida, mas a Fifa anunciou também o uso de sensores na linha do gol para ajudar em lances duvidosos no Mundia de Clubes.

A tecnologia já tinha sido aprovada pela International Football Association Board (Ifab) em março. O órgão, que determina as regras do futebol, aprovou uma autorização provisória do uso dos sensores.

Milan (Itália), Boca Juniors (Argentina), Pachuca (México) e Waitakere United (Nova Zelândia) são os clubes já classificados para o campeonato.

Esperamos para ver qual será a utilidade destes dois árbitros a mais em campo. Estranho é que nem mesmo a Fifa, que tomou a decisão, sabe ainda para que servirão. O uso de sensores já não é uma nova discussão. Há quem defenda a implementação de tecnologia e outros que preferem o velho e clássico futebol puro, sem mecanismos eletrônicos.

3 comentários:

Obede Jr. disse...

Meu, a Fifa usa drogas e chama soh a Uefa para compartilhar.. não pode ser..
decidem incluir mais 2 árbitros, e que só vão ficar dentro das áreas.. e o pior, não sabem qual será a função deles na partida! ahhaha
Virou Brasil esse mundial.. que beleeeeeeza meeesmo! ahaha

Bruno Diniz disse...

A Fifa gosta é de inventar moda pra complicar tudo.

Se um juiz já faz lambança, imagina mais dois?

Não vai dar certo e nunca mais teremos essa maluquice.

PS: Internem o Platini! Ela não cansa de usar drogas pesadas. Clínica de Reabilitação nele, amigo!

João de Andrade disse...

Como diria Avallone: Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa!

Essa novidade dos dois árbitros a mais é ridícula. Eu até sou a favor de dois árbitros, cada um correndo metade do campo. Mas árbitro só para dentro da área? Que função mais sem importância...

Agora, só a favor dos dispositivos na bola. É uma questão física e lógica. Se a bola passou a linha, é gol. E um erro desse tipo é muito injusto, porque não é interpretativo.

De resto, sem muitas mudanças. O futebol deve ter a discussão sempre, a polêmica que dá toda a graça ao esporte!